Folha Dirigida alerta para concurso da Polícia Federal!

Concurso Polícia Federal

Saudações, futuro Policial Federal! Como vão os estudos?

Já dissemos aqui que o concurso da Polícia Federal exige preparação antecipada, e que os concurseiros mais atentos e focados já estão se dedicando aos estudos. Para animar ainda mais nossas expectativas, veja o que publicou o maior jornal dedicado a concurso público no Brasil, a Folha Dirigida:

Os interessados em ingressar na área de segurança pública federal podem contar com duas grandes oportunidades em 2017. Existe a expectativa de que, no próximo ano, sejam pelo menos autorizados os concursos2017 pretendidos por Polícia Federal (PF) e Polícia Rodoviária Federal (PRF). As chances poderão somar 2.058 vagas, sendo 491 de delegado e 67 de perito na PF e 1.500 de policial rodoviário federal na PRF. Os quantitativos correspondem às demandas de concurso apresentadas ao Ministério do Planejamento este ano.

Já a PF depende apenas de confirmação por parte do Ministério do Planejamento da existência de verba para o preenchimento das vagas de delegado e perito que o órgão pretende. Isso porque desde o fim de 2014, a PF tem autonomia para abrir concursos para cargos policiais quando a quantidade de vagas desocupadas for maior que 5% do total previsto em lei para o respectivo cargo. O presidente da Associação Nacional dos Delegados de Polícia Federal (ADPF), Carlos Eduardo Sobral, argumenta, porém, que é necessário também autonomia orçamentária para que as seleções sejam de fato abertas pela iniciativa apenas da PF. Sobral destaca ainda a urgência do concurso para delegado em função da previsão de 400 aposentadorias nos próximos dois a três anos.

Atualmente, a defasagem já é de cerca de 500 delegados. Sem a realização de concurso, o quadro da carreira voltará a números de 2006, quando a PF tinha cerca de 1.300 delegados em atividade, o que impactará diretamente no número de inquéritos realizados. Para ser delegado é preciso ter bacharelado em Direito e três anos de experiência em atividade jurídica ou policial. No caso de perito, é exigida formação superior relacionada à área de atuação (são várias). Nos dois casos, também é preciso ter a carteira de habilitação (B ou superior). As duas carreiras garantem remuneração inicial de R$17.288,85, havendo ainda a previsão de reajuste para R$22.102,37 a partir de janeiro do ano que vem.

A dica agora é garantir um bom material de estudo (completo e adptado para o concurso PF) e adiantar os estudos com antecipação, criando diferenciais contra a concorrência:
Material Concurso Polícia Federal
Fique atento! Em breve traremos mais dicas, materiais e informações.
😉

6 Comentários


  1. E para agente? Há alguma previsão? Grande abraço


  2. Olá, gostaria de saber qual é a melhor apostila para o concurso da PF e se vai mesmo sair em 2017.

    Obrigada


  3. para a área administrativa todos candidatos tem que saber informática e o brigatorio ou não


  4. Olá, gostaria de saber quando que abrirá os concursos para agente Federal!?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *